Palavra de Fé

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.” Mateus 11:28-29

Este texto é muito pregado em cultos de libertação. E porque trazê-lo para um culto de ensino?

Justamente por muitas vezes não ser compreendido, acaba perdendo o efeito na vida dos ouvintes. Nós sabemos que a Palavra de Deus é viva e eficaz como diz o escritor de Hebreus 4.12; e no capítulo 55 de Isaías e verso 11 Deus diz através do profeta: “Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.”

Então, existe uma garantia de que esta promessa feita por Jesus se cumprirá!

Mas para isso acontecer precisamos compreender de fato o que Jesus falou. O que acontece geralmente é que as pessoas que pregam esse texto separam o verso 28 do verso 29. Geralmente em cultos de libertação citam apenas o verso 28 quebrando assim todo o contexto que vai trazer sentido e eficiência naquilo que Jesus pretendeu ao dizer tais palavras.

Fica mais simples de entendermos o contexto nós o quando separamos em 3 partes importantes.

1ª) O convite de Jesus: “Vinde a mim…”

2ª) A ordem de Jesus: “Tomai sobre vós…e aprendei de mim…”

3ª) O resultado: “Eu vos aliviarei….achareis descanso…”

Se fosse me dado a oportunidade de editar esse texto, eu o escreveria assim: Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração. E eu vos aliviarei, e achareis descanso para as vossas almas.”

Na verdade esse seria o melhor contexto. Jesus nos convida, depois nos dá ordem para fazer algo, e somente depois temos o resultado.

Você já percebeu como via de regra nós queremos inverter esse processo? Queremos o resultado antes de fazermos qualquer coisa para obtê-lo.

“Ninguém colhe em uma terra sem antes ter semeado.”

Esse texto é fantástico porque traz nele algo fundamental para se chegar ao resultado oferecido por Cristo, ou seja, alívio e descanso. Tenho observado desde a minha conversão que muitos irmãos não vivem essa promessa de alívio e descanso porque ignoram a parte do texto que diz: Aprendei de mim…”

Vejo muitas pessoas virem a Cristo esperando que Ele dê alívio em suas dores, em suas preocupações, em suas enfermidades; e querem ter isso imediatamente….como um irmão em SP costumava dizer: “Querem pra ontem de madrugada bem cedinho!”

Eu creio que Deus pode fazer qualquer coisa. Creio que Ele pode curar instantaneamente, que ele pode mudar uma situação da noite para o dia; mas geralmente Ele usa o que chamamos de lei do processo. Aí é onde entra o “ Aprendei de mim…”

E torno a dizer que muitas vezes não vemos a Palavra se cumprir em nossas vidas, e até ficamos chateados com Deus, pelo simples fato de ignorar coisas importantes, como o “Aprender com o Senhor”.

Foi exatamente isso que Jesus buscou ensinar e exortar os judeus que buscavam mata-lo por que Ele quebrantava o sábado. Jesus disse aqueles judeus em João 5:39-40: Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; E não quereis vir a mim para terdes vida.

Jesus queria que eles examinassem o que estava escrito em Dt.18:18-19 por exemplo, que diz: “Do meio de seus irmãos lhes suscitarei um profeta semelhante a ti; e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar. E de qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu exigirei contas.”

Jesus confirmou isto dizendo no Evangelho de João 14. 24c: “e a palavra que estais ouvindo não é minha, mas do Pai, que me enviou.”

Sabemos que Jesus é o tal profeta citado em Dt 18 por Moisés. Precisamos ouví-Lo. Precisamos aprender com Ele que é manso e humilde de coração.

Aprendei de mim! Disse Jesus; e eu vos aliviarei, e encontrareis descanso para a vossa alma cansada.

Os maiores inimigos nesse processo são: a preguiça e o desinteresse em aprender.

Temos muita dificuldade quando o assunto envolve aprendizado.

A pessoa comenta: “Eu queria tanto saber tocar violão. Acho tão lindo quando vejo alguém que sabe. Pois é. Esse “queria tanto” rapidamente se transforma em “puxa é tão difícil” ou então “ ixxi, vai levar um século para aprender”. Justamente porque a pessoa percebe que pra tocar bem, ela primeiro vai ter que aprender, e isso significa um bom tempo de aprendizado e dedicação de pelo menos 1 hora por dia de estudo.

Quer ser um bom músico? Estude o instrumento todos os dias e daqui um tempo você estará tocando.

Quer ter alívio e descanso para sua alma? Aprenda com Jesus e você terá.

Mas pastor, aprender o quê?

Oras, tudo o que Jesus ensina na Sua Palavra. Você pode começar pelo Evangelho de Lucas por exemplo, pois o próprio Lucas diz em Atos 1.1 que relatou todas as coisas que Jesus começou a fazer e ensinar.

Você aprende com os ensinos de Cristo e também com os exemplos Dele.

Porque preciso aprender com Jesus?

Simplesmente porque Ele é a pessoa mais qualificada para te ensinar.

Ao aprendermos com Cristo através das Escrituras, passamos a viver melhor, a viver de acordo com os Seus ensinos, e aprendemos a viver aliviados das cargas emocionais e espirituais.

Se você disser pra mim: Pastor, eu já aprendi o suficiente. Então estará me obrigando a crer que você não passa de um preguiçoso e desinteressado, pois Cristo é uma fonte inesgotável de sabedoria. Ainda que tivéssemos a chance de viver 1000 vidas ainda assim não aprenderíamos o suficiente. Terei de lembrar você que enquanto você está sentado aí no banco da Igreja com uma Bíblia na mão em que possa manejar da forma que quiser, existe irmãos nossos em muitos lugares do mundo que estão memorizando trecho inteiros da Bíblia porque não podem carrega-la em público.

Outro exemplo prático e simples para nos fazer entender que precisamos urgentemente aprender com Cristo.

Quantos aqui tem situações importantes para resolver por esses dias?

Eu te pergunto: você está preocupado?

Pois é! Em Mateus 6.25-35 Jesus nos ensina a não andar inquietos e preocupados.

Estão vendo como precisamos aprender com Jesus. Não somente ouví-Lo, mas aprender e colocar em prática. Se conseguirmos fazer isso, Jesus nos compara com o homem que contruiu sua casa na ROCHA. (Mateus 7.24)

“Aprendei de mim…”, aprenda a perdoar, aprenda a confiar no Pai como Jesus confiou, aprenda a amar o próximo. Aprenda a contenta-se com o que você tem, como disse Paulo em Filipenses 4.11: “Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.”

Aprendei de mim….disse Jesus, e eu vos aliviarei, e achareis descanso para vossa alma cansada.

Talvez um texto que expresse melhor isso esteja em 1ª Pedro 5.6-7

“Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;

Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”

Para aprender com Jesus é preciso ser humilde “humilhai-vos”, é preciso querer estar debaixo da Sua autoridade “Tomai sobre vós o meu jugo”, é preciso trazer as suas cargas até ele e deixar ali sem querer pegá-las de volta “ eu vos aliviarei “, é preciso crer que Ele dará descanso as nossas almas cansadas…” porque ele tem cuidado de vós”.

Pr. Francisco Vieira da Costa

Igreja Evangélica Apostólica Missão Urgente

Cordeiros/Bahia

 

 

Spread the word. Share this post!

About the Author

Empresário, servo de Deus e apaixonado por tecnologia.
Gosto muito de estudar Escatologia e ensinar o pouco que eu sei.

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *